VPN b-on

b-on – Biblioteca do Conhecimento Online é formada por um conjunto de recursos acessíveis através da Internet e que são disponibilizados a instituições de ensino superior, laboratórios de investigação e outros organismos públicos.

 

Os alunos e docentes do IPL dispôem de acesso a este serviço desde o inicio, como forma priviligiada de acesso a múltiplas publicações de interesse científico e complemento das fontes de informação usadas no processo de aprendizagem.

Acesso no IPL

A forma dos repositórios de conteúdos (Bibliotecas “Online”) identificarem os utilizadores que têm acesso ao serviço consiste em verificar se o endereço IP (Internet) com que as ligações do utilizador se apresentam ao serviço pertence a uma das instituições aderentes. Desta forma um utilizador que esteja a aceder à b-on utilizando a rede do IPL têm acesso automático aos conteúdos; No entanto, quando os utilizadores se encontram com conectividade exterior à rede da instituição (ligação pessoal/residencial, do emprego, etc.) ficam sem acesso a grande parte do serviço.

VPN b-on para acesso em qualquer local

Para dar resposta a este problema, desenvolvemos uma solução que permite a qualquer utilizador com endereço válido de e-mail do IPL obter privilégios de acesso à b-on a partir de qualquer ligação Internet, sendo esta solução baseada numa VPN.

 

Após o estabelecimento da ligação VPN b-on todas as comunicações da máquina do utilizador passam a ser realizadas por intermédio da rede do IPL, sendo o endereço IP visível do exterior um endereço da rede do IPL e como tal aceite pelas editoras presentes na b-on.

Comparação dos cenários de acesso
Comparação dos cenários de acesso
Detalhes e condições do funcionamento do serviço
  • A máquina do utilizador recebe um endereço IP público.
  • Não é realizada cifra dos dados transferidos.
  • Não é administrativamente limitado o débito da ligação (será apenas limitado pela capacidade dos canais existentes no equipamento que suporta o serviço, pela capacidade de processamento deste e pela quantidade de utilizadores ligados ao serviço).
  • Apenas é garantida a conectividade para o acesso aos recursos Web da b-on e aos serviços de rede do IPL que sejam acessíveis pela Internet. Recomenda-se aos utilizadores, para evitarem o consumo desnecessário da quota mensal de tráfego e de forma a optimizarem a normal conectividade residencial, que mantenham a ligação VPN b-on apenas activa durante o período em que estejam a realizar pesquisas e recolha de informação da b-on.

 

Ao ser realizada esta abertura e flexibilização da conectividade é exigida uma acrescida auto-responsabilização dos utilizadores, nomeadamente:

  • É totalmente da responsabilidade do utilizador a aplicação de sistemas firewall locais (na sua máquina) que previnam intrusões e infecção com vírus/worms provenientes da Internet.
  • É da responsabilidade do utilizador a não utilização do serviço para fins que violem as leis vigentes.
  • É da responsabilidade do utilizador a não utilização do serviço em máquinas que contenham vírus/worms ou que não sejam de uso pessoal.
  • Os acessos são obtidos mediante identificação (com as credenciais do e-mail do utilizador).
  • São realizados registos detalhados do acesso com os parâmetros: identidade/origem/endereço/inicio/fim/bytes transferidos.
  • É aplicado um sistema de quotas mensais, actualmente com um plafond de 4GB/30dias que cada utilizador terá de racionalizar.
  • A contabilização de tráfego inclui tanto o tráfego enviado como o recebido durante os 30 dias que antecedem o momento de ligação.
  • O tráfego gerado pelo utilizador para a Internet é multiplicado por 4 na contabilização de forma a despromover o uso de uplinkdesnecessário no serviço.
  • Cada ligação é limitada a 2 horas.
  • Não há quaisquer garantias de manutenção de endereços após re-ligação ao serviço.
  • Caso seja identificado qualquer uso abusivo ou anormal do serviço o acesso será bloqueado.
  • O sistema suporta actualmente um máximo de 60 utilizadores em simultâneo.
Acesso com sistema operativo Microsoft Windows 7/8/10

Os utilizadores de Windows 7/8/10 podem seguir o seguinte guia de Configuração da VPN.

Acesso com sistema operativo Mac OS

 

Os utilizadores de Mac OS podem seguir o guia de Configuração da VPN no Mac OS.

Acesso com configuração manual (para todos os sistemas operativos)

Para usar o serviço é necessário criar uma ligação VPN com os seguintes parâmetros:

Protocolo de VPN L2TP/IPSEC PSK
Servidor VPN bon.vpn.net.ipl.pt
Chave IPSEC Pré-Shared #IPL-VPN-BON
Controlo de consumos/quota

O Painel de Controlo passou a incluir na secção “VPN” a informação do tráfego realizado diariamente e nos últimos 30 dias bem como a quota ainda disponível para o utilizador.

Problemas típicos no acesso ao serviço
  • São problemas típicos no acesso a este tipo de serviços as aplicações de firewall incluidas nos pacotes anti-vírus ou a existência de equipamentos pelo meio que bloqueiem o acesso ao port 1723/TCP ou ao protocolo GRE, no caso dos acessos PPTP. Nos acessos L2TP/IPSEC deverá ser permitida a conectividade para os port UDP 500 e 4500. Para despistagem destes problemas recomendamos a realização de um acesso apenas com o firewall nativo do sistema.
  • Não se consegue usar o serviço a partir da rede interna. Esta situação é intencional porque estando ligado em qualquer das redes internas da IPLNet dá directamente acesso à b-on pelo que deixa de fazer sentido usar a VPNbon.

Configuração Outlook 2016.

Segue-se o exemplo de configuração automática do e-Mail no Outlook 2016.

 

1

Abra o Outlook e escolha Ficheiro->Informações->Definições de conta.

2

De seguida é-lhe apresentada uma janela com as alternativas para alteração de contas de correio previamente existentes ou criação de uma nova conta.

Para criar a nova conta selecione a opção “Novo”.

3

Coloque os parâmetros, tal como indicado na imagem abaixo à exceção dos de natureza pessoal, em O seu Nome coloque o nome com que pretende ser identificado nas mensagens que envie, em  “Endereço de Correio Eletrónico“ coloque o seu endereço de correio eletrónico, em “Palavra Chave” e Escreva Novamente a Palavra Chave” insira a palavra-chave associada à sua caixa de correio.

4

Após preenchimento dos dados na janela anterior selecione “Seguinte sendo despoletado o processo de autoconfiguração em que é consultado o nosso “site” para obtenção dos restantes parâmetros de acesso (conforme ilustrado na imagem abaixo).

Durante o acesso de autoconfiguração ao nosso “site” o Outlook estabelece um canal seguro (SSL/TLS) e envia os dados que preencheu, nesta fase é solicitada ao utilizador permissão para o envio dos dados que deve aceitar com “Permitir” tal como abaixo ilustrado.

Nota: É possível que esta janela apareça mais de uma vez caso não selecione Não voltar a perguntar-me sobre este Web site“.

5

Se o processo decorreu com normalidade deve obter uma imagem como a seguinte confirmando a boa parametrização obtida.

Como teste final sugerimos que envie uma mensagem para si próprio, se a receber passado uns minutos, tal confirma a correta parametrização tanto do envio como da receção de mensagens.

Para conhecer mais detalhes e opções do serviço de correio eletrónico, visite a página das Regras técnicas de utilização do serviço de E-mail do IPL

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Office 365

No decorrer do Acordo Campus entre o Instituto Politécnico de Lisboa e a Microsoft, o Office 365 Educação é disponibilizado gratuitamente a toda a comunidade  do IPL.


O acordo contempla:

  • utilização de Office Online (Word, PowerPoint, Excel e OneNote)
  • instalação das aplicações do Office no seu equipamento
  • armazenamento na “nuvem” através do serviço OneDrive

Condições para poder usufruir do Office 365 Educação:

  • ter um endereço de e-mail institucional activo – pro ex.: user@unidadeorganica.ipl.pt
  • os estudantes podem utilizar o serviço até concluir os estudos ou deixar de estar inscrito numa das escolas do IPL
  • os colaboradores – docentes e não docentes – terão acesso às mesmas funcionalidades enquanto detiverem ligação laboral à instituição

Quando a elegibilidade ao plano do Office 365 Educação expirar, as aplicações do Office instaladas ficam disponíveis em modo de funcionalidade reduzida, o que significa que pode ver documentos mas não pode editar nem criar documentos novos. Os serviços online associados ao endereço de e-mail da escola — Office Online e OneDrive — deixam de funcionar.

A conta criada está associada à escola e deve ser utilizada para conteúdos de âmbito académico. As permissões e o acesso podem ser alterados em qualquer altura, caso se verifiquem condições que o justifiquem.


Para proceder à activação do Office 365 deve seguir os seguintes passos:

  1. aceda a Serviços > Painel de controle [aqui] e autentique-se
  2. seleccione a opção Office 365
  3. active a checkbox “Activar o Office 365” 1
  4. confirme no botão”Actualizar” e aguarde alguns minutos até passar ao Estado: “Activo”
  5. aceda ao site do Office 365 [aqui]
  6. no canto superior direito aceda a Iniciar Sessão > Para emprego, escola ou universidade
  7. será redireccionado para a página de autenticação do IPL, onde deverá introduzir as suas credencias (email e password), confirmar e consentir o envio dos dados para a Microssoft 2
  8. o processo fica concluído com o acesso à sua página pessoal do Office 365

 

1 Se pretender desactivar a sua conta Office 365 repita os passos 1 a 4 desactivando a checkbox “Activar o Office 365”.

2 Durante o processo de registo, a única informação que o IPL disponibiliza à Microsoft é o endereço de email, carecendo o mesmo do consentimento do utilizador.

Palavra-Chave de um E-Mail do IPL

Todos os indivíduos que pertencem a alguma das entidades orgânicas do IPL, poderão ter um E-mail associado à respetiva entidade.

 

Em cada entidade orgânica distinguem-se 3 tipos de indivíduos:

  • Os alunos para criarem, reactivarem ou recuperarem a palavra-chave do E-mail devem estar inscritos no presente ano letivo ou no anterior.
  • Os docentes e funcionários devem dirigir-se ao responsável pela gestão das caixas de correio das entidades orgânicas e solicitar a operação em questão.

Onde obter a senha de ativação? 

Poderá tentar obter uma senha de ativação presencialmente e mediante apresentação de documento de identificação junto dos serviços da escola.

 

ESCS: Gabinete de informática, piso -2, junto à reprografia

ESELx: Centro de Informática ou Sala 203

ESML: Serviços académicos, piso 0, sala 0.54 ou 0.56

ESTC: Gabinete de comunicação, sala 231

ESTeSL: Gabinete de informática, piso 0, sala 0.57

ISCAL: Serviços académicos

ESD e ISEL: IPLNet, Edifício A, piso 1, sala A.1.12 (disponível para os alunos de todas as escolas)

NOTA: Desactivação da possibilidade de obtenção das credenciais de acesso ao email usando dados pessoais

Com a entrada em vigor em 2018 do RGPD a recolha e acesso a dados pessoais passa a ser mais restrita pelo que os sistemas de rede (incluindo este site) deixaram de ter acesso às informações necessárias para o funcionamento da aplicação que permitia a ativação das caixas de correio mediante a confirmação de diversos dados de índole pessoal.

 

Se necessitar de obter acesso à sua caixa de correio institucional, use uma das opções de validação ainda disponíveis, obtendo se necessário a senha de ativação junto dos serviços da escola acima referidos.